terça-feira, 18 de agosto de 2009

LOCOMOÇÃO

Locomoção.
Será que você pode sair dos seus trilhos só por um instante?
Não, não consigo.
Corre, depressa, a vida vai passando e não tem como impedi-la mas...
Não dá, não há como me locomover.
Passos, devagar.
Caminhos intermináveis e uma dor inenarrável que me faz parar.
PARAR TODA VEZ.
Locomoção.
Tão limitado.
Não consigo nem trocar de calçada, muito menos mudar o percurso.
Devagar e sempre... ou melhor: "devagar para sempre?"
Paralisada, enrijecida, atrofiada.
Locomoção.
O quê fazer quando não se dá para fazer?
Não dá para caminhar;
Não dá para andar;
Não dá para correr... não dá.

faz sentido para mim...
=D
e chega por hoje!

Nenhum comentário:

Postar um comentário